Área Restrita

Alunos da Fameta apresentam trabalhos de pesquisa em evento de iniciação científica

27/10/2017
07/11/2017
Notícias
Graduação

Nos dias 25 e 26 de outubro, a Universidade Federal do Acre (Ufac) realizou a XXVI Seminário de Iniciação Científica da Ufac, no SENAC de Rio Branco. Na ocasião, os alunos de Farmácia e Ciências Biológicas da Fameta apresentaram trabalhos.

 

Os trabalhos são resultantes dos projetos conduzidos pela Prof.ª Ma. Márcia de Araújo Teixeira Silva, intitulados “Levantamento de fungos macroscópicos (Basidiomycota) no Parque Ambiental Chico Mendes com potencial produção de compostos antimicrobianos” e “Fungos Ganodermataceae (Polyporales, Basidiomycota) no Parque Zoobotânico da Universidade Federal do Acre”. O último citado, foi aprovado em primeiro lugar no Edital Fapac/CNPq 001/2016.

 

A pesquisa foi realizada pelos acadêmicos Andrêza dos Santos Zailo, Lucka Lafaiete Leme de Oliveira e Raelle Cristina Andrade da Silva, com a colaboração das pesquisadoras Dra. Allyne Christina Gomes Silva e Ma. Geyse Souza Santos. Ao longo da pesquisa, os alunos receberam bolsas de iniciação científica, no valor de R$400,00, pagas pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq, através da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do Acre - Fapac.

Os resultados das pesquisas revelam dois novos registros de espécies de Ganodermataceae para o Estado do Acre. Bem como a ocorrência de duas novas famílias de fungos basidiomicetos para a região. Além disso, há evidência de potencial antimicrobiano de fungos encontrados na Amazônia Sul-Ocidental, o que reitera a importância de estudos subsequentes capazes de avaliar a diversidade micológica local.

 

Entre os objetivos do evento está o fomento à pesquisa científica, através do desenvolvimento de habilidades que permitam a iniciação do estudante no campo da pesquisa, a partir da utilização de princípios e normas metodológicas para a produção científica.

 

Segundo a professora Márcia, orientadora dos trabalhos, a iniciação científica é importante para a formação de profissionais qualificados que possam atuar na pesquisa em micologia, uma área pouco conhecida no Estado do Acre. “Muitos fungos que coletamos nas nossas pesquisas constituem em primeiro registro de ocorrência para a região. Precisamos seguir em frente para conhecer a biodiversidade local, uma vez que muitas espécies podem ser extintas antes que as conheçamos”, diz. “É importante destacar que estas atividades contribuem tanto para o desenvolvimento profissional de futuros professores e pesquisadores, quanto para o desenvolvimento econômico da região, que poderá atrair atenção de indústrias farmacêuticas para o Estado”, acrescenta.

 

A Fameta parabeniza os alunos, a professora e as colaboradoras pelo desenvolvimento das pesquisas. 

Galeria

Veja Também

28/05/2013
Institucional

expectativa-do-mec-e-que-fies-financie-400-mil-estudantes-em-2013

Programa segue tendência de crescimento dos anos anteriores     A expectativa do Ministério da Educação (MEC) é que o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) firme cerca de 400 mil contratos este ano, segundo o secretário executivo do Ministério da Educação, José Henrique Paim. Em 2010, foram firmados 75,9 mil contratos. Em 2011, o número saltou para 153,5 mil até chegar, em 2012, a 368,8 mil. Desde 2010, o pedido de financiamento pode ser feito em qualquer período do ano. Do total de 598,3 mil contratos firmados entre 2010 e 2012, o curso mais procurado é o de direito, com 94 mil contratos, seguido de administração (50 mil), enfermagem (47 mil) e engenharia civil...

22/01/2015
Institucional

[Informe] - Nota de Esclarecimento: FIES e SISFIES

O Athenas Grupo Educacional informa aos membros da comunidade acadêmica que o Financiamento Estudantil (FIES), encontra-se com o sistema SISFIES em manutenção, para adequação às regras estabelecidas pelas Portarias Normativas MEC nº 21, de 26.12.14; nº 22 de 29 de dezembro e nº 23, de 29.12.14. O Ministério da Educação e Cultura (MEC) não estabeleceu data para normalização do sistema. Porém, informa que os alunos não terão prejuízo na renovação semestral.

20/03/2012
Institucional

pesquisa-revela-mais-beneficios-da-acupuntura

  De acordo com a pesquisa publicada na revista Nature, a acupuntura pode aliviar a dor pela ativação de receptores. Anteriormente acreditava-se que a eficácia da acupuntura devia-se a um efeito placebo. No entanto, estudos da Universidade de Rochester em Nova York, revelou que mecanismos neurológicos são ativados com a acupuntura para aliviar dores. Experiências realizadas em ratos de laboratório, que foram submetidos a acupuntura localizada nos joelhos  constatou que, nestes tecidos não havia uma concentração de adenosina, um neurotransmissor com efeitos sedativos. Sabe-se que qualquer tipo de analgésico requer presença de um receptor de adenosina, encontrado no transmissor...

Comentários

CAPTCHA Image
Recarregar Imagem