Área Restrita

ANALISE TEMPORAL COMPARATIVA DA OCORRÊNCIA DE DENGUE NO MUNICÍPIO DE RIO BRANCO – AC, NO PERÍODO DE 2001 A 2013, EM RELAÇÃO À REGIÃO NORTE.

 

 

 

Cavalcante Albercilia Darub

Dalva Araújo Martins

 

RESUMO

A dengue é considerada a arbovirose mais importante e frequente em todo o mundo que afeta o homem, constituindo causa relevante de morbidade e mortalidade.O aumento do número de casos e a disseminação para novas áreas geográficas, especialmente as regiões tropicais, fazem da doença um importante problema de saúde pública mundial. O aumento significativo da incidência, durante a década de 90, é reflexo da disseminação do Aedes aegypti (vetor) no Brasil, principalmente a partir de 1994. O padrão sazonal da doença, que nem sempre é observado em outros países, tem sido explicado pelo aumento na densidade das populações do Aedes aegypti, em virtude das condições de temperatura e umidade da estação, observadas em grandes extensões do território nacional, sobre tudo na Região Norte. Por isto, o objetivo deste trabalho foi realizar uma analise temporal comparativa da ocorrência de dengue no município de Rio Branco – AC durante o período de 2001 a 2013, em relação à Região Norte. Os dados foram obtidos do Sistema de Informação de Agravos de Notificação-Dengue. O levantamento foi na base de dados do SINAN nacional para recuperação dos casos residentes no município. O numero de casos notificados apresentou padrão oscilatório que Rio Branco e aumento evolutivo para a região e a taxa de incidência seguem as tendências nacionais, já o numero de óbitos mostra um redução em relação ao país ao longo do período estudado.

Palavras chaves: Dengue. Dengue na Região Norte. Epidemiologia. Incidência de dengue em Rio Branco. Abovirose.Aedes aegypti

Clique aqui para acessar o artigo em PDF.

Pesquisar